sexta-feira, 31 de julho de 2009

Amar a Cruz...


Não, queridas almas,
não há consolo em nada senão no amor da cruz e no total abandono;
quem não experimenta a cruz, não experimenta as coisas de Deus (veja Mt 16,23).
É impossível amar a Deus sem amar a cruz;
um coração que experimenta a cruz, considera as coisas mais amargas uma doçura:
"Garganta saciada despreza o favo de mel, garganta faminta acha doce todo amargo'" (Pr 27,7);
pois, ela tem fome de Deus, na proporção de sua fome pela cruz.
Deus nos dá a cruz e a cruz nos dá Deus.
Madame Guyon, Experimentando as profundezas de Jesus através da Oração, p.20

Nenhum comentário: