quarta-feira, 4 de março de 2009

AJUSTANDO AS VELAS



Em momentos de grandes tempestades os navegantes ajustam as velas, afim de controlar a fúria do vento e da tempestade. Nós cristãos, muitas vezes somos pegos de surpresa por ondas violentas, que vem e destroem nossa força, esperança e vigor.

Para que não sejamos destruídos pelas tempestades da vida, temos que estar alicerçados na rocha, que é Jesus, pois na areia facilmente desmoronaremos.

Estava eu a poucos dias, diante de uma grande tempestade e imaginei que não sairia da mesma facilmente. Não tinha forças nem ânimo pra lutar, somente olhava pro Senhor e dizia: "Pai, me ajuda, não irei conseguir sair dessa tribulação sem Ti, nesse momento me sinto como se o mundo tivesse desabado sobre mim... Pai, não tenho forças, preciso de ti, preciso do teu amor...". E Deus ouviu meu clamor, e me renovou de força e ânimo. Foi como se Ele dissesse: filho meu ajuste as velas! E eu entendi e vi que bastava eu colocar meu coração em sua palavra e deixar Ele dirigir minha vida. Também foi necessário eu reconhecer que havia algumas coisas no destino errado e que precisava ajustar as velas, para ir no caminho certo do Senhor.

Quando ajustamos as velas do nosso coração, dos nossos desejos e vontades de acordo com a direção do Senhor, o destino é bênçãos e vitórias. Do contrário será tristeza, decepção e derrotas.

O pessimista, queixa-se do vento, o otimista espera que mude, o realista ajusta as velas.

Seja realista e ajuste as velas de sua vida e esteja no centro da vontade de Deus, e Ele certamente te dará vitórias.

Autor: Hélio Martins

Nenhum comentário: