quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Amar mais


Há frases que nos tocam profundamente. Uma delas é a seguinte:
 
"Todo aquele que cruzar o nosso caminho deve se sentir mais amado". ( Antônio Carlos Costa)
 
Como se sentirá mais amado aquele para quem não olhamos?
Como se sentirá mais amado aquele a quem não abraçamos?
Como se sentirá mais amado aquele para quem não sorrimos?
Como se sentirá mais amado aquele cuja história não paramos para ouvir?
Como cada pessoa é especial, o nosso olhar para ela tem que ser especial.
Como cada pessoa tem uma biologia, o nosso abraço tem que ser especial, de modo que toque todo o seu corpo.
Como cada pessoa tem suas próprias necessidades, o nosso sorriso tem que ser especial, especial para ela.
Não adianta dizer que as pessoas são importantes para nós, se elas não ficam sabendo, porque os nossos gestos, nem mesmo as nossas palavras, o dizem.
O amor não se alimenta do discurso, por mais que gritemos.
Se a terra seca precisa de água, temos que regá-la.
Para que para que todo aquele que cruza o nosso caminho se sinta mais amado, precisamos olhar para ele com amor, abraçá-lo com amor, sorrir para ele como expressão de amor, ouvir o que tem para nos contar como nossa expressão de amor.
Assim como nós sabemos que somos amados pelo outro, quando o outro nos ama de verdade e o expressa, do mesmo modo as pessoas saberão e sentirão que são amadas por nós quando nós vamos além do discurso.
É bom saber usar as palavras, mas o melhor é saber amar as pessoas.

Desejo-lhe um BOM DIA.
Israel Belo de Azevedo