quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Nulidade



"Entregue sua pobreza ao Senhor e reconheça diante dele sua nulidade. Quer você entenda, quer não, Deus o ama, está presente em você, vive em você, habita em você, chama-o, salva-o e oferece-lhe uma compreensão e uma compaixão diferentes de tudo o que você jamais encontrou em algum livro ou ouviu em algum sermão".

                                                                                             Thomas Merton

Aprendi que Deus só pode encher o copo que está vazio, e só pode compartilhar sua glória, beleza e abundancia com aqueles que estão vazios de si mesmos, pois Deus não divide sua glória com mais ninguém, e não pode ser pleno para aqueles que "acham" ainda ser alguma coisa... só quando sabemos que nada temos para oferecer diante do grande Rei, é que experimentamos o seu "encher" em nós. Jesus começou as bem-aventuranças assim... com os pobres de espírito, para nossa riqueza seja Ele (Ef 3.16)

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Seguro nas mão do pai



"Não tente segurar a mão de Deus; 
deixe que ele segure a sua. 
Deixe que ele cuide do 'segurar'
 enquanto você se concentra no 'confiar'."
H. William Webb-Peploe

Meu pai sempre me ensinou que confiar em Deus mesmo é se entregar nas mãos dele, e não segurar em sua mão. Pois toda criança pode soltar-se das mãos do pai quando quiser, quando uma outra coisa lhe chamar mais atenção, ou quando outra direção parecer mais agradável.
Mas se o pai lhe segura pela mão, nem mesmo a criança pode soltar-se se desejar. Isso é segurança, e a certeza de que o meu pai sabe quando pode "me soltar", e quando se faz necessário "me prender" nele.