terça-feira, 23 de agosto de 2011

Menos tolerantes...




CADA DIA MAIS SOMOS MENOS TOLERANTES COM A DOR


O psiquiatra e psicanalista gaúcho Sergio Paulo Ramos nos lembra que o ser humano é cada vez menos tolerante com a dor. Segundo ele, no dia a dia, "qualquer coisa: calmante". (Entrevista ao programa RodaViva, na TV Cultura, de 22.8.2011).
Cultuamos a beleza do corpo, que não pode doer.
Celebramos a força da mente, que não pode sofrer.
É claro que a dor deve ser evitada.
Se a dor nos vem, cabe-nos lutar para que vá.
Nesta luta, não pode caber como arma o uso ou abuso da droga, venha embalada em cigarro, álcool, maconha ou calmante, porque a vitória buscada será, na verdade, a derrota garantida.
Reconheçamos que as pessoas felizes não são felizes os dias todos. Mesmo as pessoas realizadas vivenciam frustrações. Mesmo os fortes se sentem fracos. Mesmo os que dormem bem conhecem a insônia.
Entre as formas de enfrentar a dor, está a busca da sua pedagogia. Ela não veio para nos ensinar. A dor tem vida própria e não tem qualquer finalidade. No entanto, nós começamos a controlá-la quando aprendemos com ela . 


Desejo-lhe um BOM DIA.
Israel Belo de Azevedo

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Tocar corações...




"Não sei...se a vida é curta ou longa demais pra nós, 
mas sei que nada do que vivemos tem sentido, 
se não tocarmos o coração das pessoas.


Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe, 
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita, 
alegria que contagia,
lágrima que corre, 
olhar que acaricia, 
desejo que sacia, 
amor que promove, 
e isso ai não é coisa do outro mundo, 
é o que dá sentido á vida, 
é que faz com que ela nem seja longa demais, 
mas que seja intensa, verdadeira , 
pura enquanto durar"

"Cora Coralina"

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Amor e Amizade.



Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida companheira. 
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Fornalha da Aflição


Escolhi-te na fornalha da aflição. (Is 48.10.)

            Não é a Palavra como uma chuva suave, amenizando a fúria das chamas? Não é ela uma armadura de asbesto, contra a qual o fogo não tem poder? Que venha a aflição — Deus me escolheu. Pobreza, você pode bater à minha porta, pois Deus já está nesta casa, Ele me escolheu. Doença, você pode intrometer-se, pois eu tenho um bálsamo pronto — Deus me escolheu. Venha o que me vier neste vale de lágrimas, eu sei que Ele me escolheu.
            Não tema, ó crente; o Senhor Jesus está com você. Em todas as suas ardentes provações, a presença dEle é o seu conforto e segurança. Ele nunca abandonará a quem escolheu para Si mesmo. "Não temas, porque eu sou contigo" é a promessa segura que ele dá aos Seus escolhidos que estão "na fornalha da aflição".
C. H. Spurgeon
            O fardo do sofrimento parece uma lápide pendurada ao nosso pescoço, quando na verdade é o peso necessário para conservar no fundo um mergulhador, que está em busca de pérolas. — Richter

extraído: Mananciais do Deserto (9/Jul)